Um novo Mundo, uma Nova Aliança

Amigos e irmãos de todo o mundo,

Por mais de duzentos anos, a Ordem Illuminati lutou para mudar leis, a política e nossos políticos — e tivemos grandes vitórias!

Mas ainda não é o suficiente.

A verdade é que existe algo muito mais poderoso que apenas leis e políticas: as pessoas. Nossas culturas, valores e crenças. Mas enquanto focávamos na política, o ódio e o medo promovido nas mídias oficiais e pelos governos socialistas ou supostamente progressistas passou a influenciar as pessoas, e a mudar a nós mesmos.

Uma grande disputa pela alma da humanidade está sendo travada – temos que escolher entre esperança e desespero, confiança e desconfiança, verdade e falsidade, medo e amor, desunião e unidade, entre a sabedoria e aquilo que se passa por sabedoria mas não é. Todos nós temos que escolher qual caminho seguir.

Conhecemos bem a tropa de choque que está do outro lado: os gananciosos de sempre. Pessoas com profundo desprezo pela humanidade, que se dividem em aqueles que tem ódio à sociedade e seus valores, pessoas com ânsia de poder, ou simplesmente indivíduos pagos para espalhar a discórdia e medo na população. É a indústria do pânico. O fato é que eles estão espalhando veneno em escala gigantesca em nossa sociedade através da mídia paga, e muitas vezes, com nossos próprios impostos!

Mas não se trata apenas de um “nós contra eles”. Por quê? Pois nós também estamos do outro lado. Todos nós. E é aqui que a Illuminati entra.

Esse tipo de comportamento nocivo está em todo mundo e já destruiu muitas coisas que amamos. Nossas famílias, corrompeu a imprensa, a política e até mesmo algumas de nossas relações afetivas e familiares mais importantes.

É de partir o coração. Mas nós vamos fazer de 2020 a década em que conquistaremos tudo de volta.

Vamos começar por nós mesmos, adotando uma série de princípios que seguiremos, online e offline, a partir de agora. Isso vai nos ajudar a lidar melhor com o nossas próprias “vozes inferiores” tao bem descritas no TAO, e de comportamentos nocivos que temos, mas muitas vezes nem nos damos conta. Podemos mostrar ao mundo uma forma diferente de conviver:

– Medo: evite mídias oficiais que são pagas por governos.
– Profundidade: Veja quem está por trás de supostas mensagens oficiais de organizações mundiais.
– Avaliação: quem é que está por trás de supostas “verdades” científicas.
– Mentira: a quem a imprensa mundial serve.

Fake news, meias verdades, insinuações e desinformações motivadas pelas nossas emoções e interesses escusos podem despertar nosso pior lado. As pessoas são em princípio decentes, mas nós rapidamente caímos nas armadilhas de demonizar o outro para justificar as piores coisas que fazemos uns aos outros. Vamos nos esforçar para enxergar os outros não como os vilões e entender a verdade que é em geral muito mais complexa e em geral escondida pela mídia oficial através de interesses poderosos.

Vamos nos apoiar e inspirar uns aos outros a verificar esses princípios da melhor maneira possível. Às vezes, basta um número pequeno de pessoas se comportando de determinada maneira para catalisar uma mudança muito maior. A Illuminati pode ser esse catalisador.

Imagine um mundo onde a maioria das pessoas concordam em seguir princípios de avaliação de informações que foram bem sucedidas na maior parte do tempo. Podemos discordar em vários assuntos, mas o caráter dessa discordância pode ser diferente. Nosso convívio pode ser menos mesquinho, cruel e trágico e ser mais significativo e respeitoso. A humanidade ainda seria diversa e por vezes conflitante, mas ao mesmo tempo seríamos mais nobres.

Talvez, mais próximos do que somos destinados a ser.

Esse é o presente que ganhamos dos gananciosos estão entre nós e habitam em nós, e até daqueles que estão no poder. Podemos olhar para eles e dizer: isso simplesmente não é quem somos, quem queremos ser. E, então, escutar aquela voz silenciosa que vem de dentro, e usá-la para nos guiar em direção ao que somos destinados a ser para uns aos outros!