Princípios Gerais da Ordem Para Tempos Modernos

PRINCÍPIOS GERAIS DA ORDEM NOS TEMPOS MODERNOS

É necessária uma reavaliação, diante de tantos descalabros que temos visto nos últimos tempos, vindos de diversas fontes, sejam elas supostamente oficiais de religiões tradicionais, e outros meios como a mídia oficial, que desejam ter a narrativa da verdade. Nós iluminados, não aceitamos suposições falsificadas ora por interesses de poder, ora por interesses financeiros. Assim esclarecemos:

1. Principio 1

a) Deus como criador, manutenidor e destruidor do Universo. b) satanás/diabo como mitos, espíritos sem luz ou crendices. c) equilíbrio sombra/luz.

2. Principio 2

Principio do espiritual sobre o material. A importância desse tema é tamanha que praticamente destrói toda cadeia laboral terrestre no quesito ideologias, ações políticas ou “sociais”, que se apoiam erradamente e integralmente no materialismo, não passando portanto de falsificações da ação correta e verdade.

3. Princípio 3

O homem como centro da vida. É o pilar no modelo das forças sociais. Não acreditamos em conhecimentos vindos de laboratório, que tenham argumentos fincados no coletivismo, igualitarismo, que aparentem justiça ou ser a ‘verdade’. A reconstrução do mundo passa antes pela reconstrução do próprio homem.

4. Principio 4

Princípio do trabalho. Trabalho como dever e direito. Ajuda aos necessitados, em todos os casos. Nessa mesma lógica, setor produtivo deve estar acima do especulativo/financeiro.

5. Princípio 5

Principio da autonomia. Crença da educação e cultura como molas mestras da sociedade, sem desprezar a ordem e a lei, estas, aplicadas nos princípios da justiça. Conscientização, sem imposição.

6. Principio 6

Princípio da propriedade. As propriedades materiais devem ser respeitadas, assim como as intelectuais, morais, espirituais e religiosas.

7. Principio 7

Princípio da Liberdade. “Aquele que troca sua liberdade por segurança, ficará sem as duas” (B. Franklin). “Toda autoridade ou poder se torna maligna quando faz mais que o estritamente necessário” (TAO).
Como visto na pandemia de 2020 e nos supostos “bem comum”, oferecidas pelas mídias, pelas indústrias do pânico/medo, indústria de leis, indústria das burocracias, industria de multas, indústria do desarmamento entre outras “garantias” de sempre oferecidas pelas “autoridades ou representantes” para trocar sua preciosa liberdade por uma suposta segurança. Liberdade é seu bem mais precioso. E como dizia Adam Weishaupt “Os príncipes são supérfluos quando há iluminação”.

8. Princípio 8

Pós verdade e mentira, que contaminaram não somente mídias oficiais, televisivas, mas boa parte da ciência hoje pode ser incluída. Infelizmente vivemos tempos difíceis, onde fascistas se dizem antifacistas. Todo cuidado com as trevas tentando se disfarçar de luz. Progressismo e todas as mentiras semelhantes que incluímos no atual “ecofascismo”.

9. Princípio 9

Tempo de seleção. A distinção do joio do trigo. É um tempo importante. A escuridão desses momentos tem seu objetivo, hoje todos estão mostrando “a cara”, o que são realmente, tentando mesmo assim, sem conseguir, dourar a pílula, como explicado nos princípios 7 e 8. A tentativa de mascarar a realidade ou mascarar a si próprio, seus pensamentos, ideologias, crenças, só encontra eco nos seus próprios semelhantes.